Como ter sucesso nas vendas desse Natal?

Uma das piores maneiras de começar a vender é iniciar com a abordagem errada. Por isso escolhemos as melhores dicas para te ajudar nas vendas e fazer desse natal o mais prospero de todos.

Nunca subestime o cliente

Seja sutil. Se você espantar o cliente sendo muito direto, incisivo ou não dando a devida atenção aos seus questionamentos, seja pela aparência, modo de agir ou qualquer coisa do tipo, vai perdê-lo sem nem ter ganhado a sua atenção.

Se existe uma palavra chave em abordagem de vendas, processo e vendas em geral é timing.

Saber o timing (tempo) certo para abordar o cliente, sem espantá-lo e continuar estreitando o relacionamento esclarecendo suas dúvidas e apresentando produtos e solução para o que ele necessita até a finalização da venda, é a melhor maneira de concluir seu objetivo.

Não desperdice o tempo do seu cliente

Quando alguma empresa de telefonia liga para você para oferecer TV por assinatura, modem, telefone ou qualquer outro produto, qual é a sua reação?

Recusar o produto e agradecer a ligação, na maioria das vezes, certo?

Por que então, com o seu cliente seria diferente?

Não permita que a sua abordagem de vendas soe como algo chato e repetitivo. Certifique-se de que você saiba fazer com que seus clientes sintam-se á vontade e que encontraram o vendedor certo para achar o que ele precisa.

Evite as abordagens tradicionais

Foi-se o tempo em que bajular um cliente garantia que o vendedor fechasse negócio.

Hoje os clientes não querem isso. Primeiro, porque eles não precisam de bajuladores e segundo, porque não têm tempo a perder e sabem exatamente o que estão precisando.

Esse tipo de técnica é muito utilizada por vendedores antigos que, na verdade, que acabam simplesmente tirando pedidos e não têm argumentos para sustentar sua proposta, seu preço e suas condições.

Assegure-se de não fazer dessa forma. Mude a abordagem e mostre também para o resto da equipe como os resultados são melhores ao criar argumentos válidos, ao invés de simplesmente ficar “em cima do cliente”.

Pare de falar

Pare de falar. Contente-se em ouvir e fazer as perguntas certas.

Engana-se quem acredita que as pessoas gostam de vendedores que parecem que falam bastante.
As pessoas querem espaço para exporarem suas ideias, fazerem suas perguntas e tirarem suas dúvidas.

A definição de diálogo é uma conversa, não uma pessoa apenas falando. O potencial cliente precisa falar mais do que o vendedor. Toda vez que o vendedor abrir a boca precisa ser para algo estritamente necessário, sempre para perguntas pertinentes, ou responder de maneira sincera e verdadeira as dúvidas do cliente.

Adapte a linguagem a cada cliente

Nem todos que compram seus produtos são técnicos, nem conhecem a fundo as especificações e o escopo do seu trabalho.

Isso significa que você precisa adaptar a linguagem para cada cliente de maneira específica. Não adianta falar com um leigo com linguagem técnica e, não adianta falar com um técnico de maneira rasa.

Certifique-se de dominartanto o assunto a ponto de conseguir conversar mesmo com o mais leigo, até o técnico mais especialista e se fazer entender.

Isso gera credibilidade. De um lado, porque você mostra ser capaz de traduzir em linguagem simples todos os termos técnicos.

 

 



©2018 Arellaro. Todos os direitos reservados